domingo, 14 de dezembro de 2014

"Essas malditas lembranças, que vem me atormentar"

São duas da madrugada, a insônia atacou e a fome apertou. A preguiça vem junto, fica com fome mas não levanta pra comer algo. Rola na cama, tenta voltar a dormir. Ouve a música trazida pelo vento de algum lugar onde acontece uma festa. Rola na cama mais um pouco e pronto, lá vem elas. Aquelas lembranças de sempre. A saudade aperta... Mas pqp isso lá é hora de lembrar dessas coisas? Cabô, passou, fim. É martírio ficar lembrando de coisas que talvez não tenha dado certo por sua culpa... Agora é "bola pra frente", como diz a frase... Uma pena que a lembrança não saiba fazer isso. São duas horas da madrugada e a lembrança vem atormentar :/

Nenhum comentário:

Postar um comentário