sexta-feira, 20 de abril de 2012

Todo ponto de vista é a vista de um ponto

Ler significa reler e compreender, interpretar. Cada um lê com os olhos que tem. E interpreta a partir de onde os pés pisam. Todo ponto de vista é a vista de um ponto. Para entender como alguém lê, é necessário saber como são seus olhos e sua visão de mundo. Isso faz da leitura sempre um releitura.
A cabeça pensa a partir de onde os pés pisam . Para compreender, é essencial conhecer o lugar social de quem olha. Vale dizer: como alguém vive, com quem convive, que experiências tem, em que trabalha, que desejos alimenta, como assume os dramas da vida e da morte e que esperanças o animam. Isso faz da compreensão sempre uma interpretação.
Sendo assim, fica evidente que cada leitor é co-autor. Porque cada um lê e relê com os olhos que tem. Porque compreende e interpreta a partir do mundo que habita.     ( Leonardo Boff )




P.s.: O texto é só porque eu gosto muito de leitura.

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Eu sempre acho difícil começar um texto. Mas, esse está sendo especialmente difícil. Já lembro quantas vezes abri a página pensei, repensei e pensei de novo, em como colocar em palavras o que estou pensando.
Tudo isso para falar sobre amor. Mas não o amor em si, e sim em como ele surge, qual o momento exato em que o percebemos? Qual o segundo exato em que o balde do gostar e do carinho transbordam e se transformam em amor??  Por que em algum segundo isso deve acontecer, em algum segundo algo no universo deve mudar de lugar e então o amor surge. Porque a partir desse momento todas as outras palavras não são suficientes para descrever o que sentimos, a partir desse momento fica extremamente difícil expressar o que se passa dentro de nós. E tudo que queremos é estar com o outro, é que o outro seja feliz. E não tem explicação, e tentar entender é um erro. Como isso é possível?? Está tudo bem, você gosta da outra pessoa, tem um carinho por ela, vocês de dão bem e depois você percebe que quer essa pessoa em sua vida para sempre, porque a simples ideia de não ver mais, não se falarem, não saber como esta passando e o que tem vivido é insuportável. E depois de um tempo você se acostuma com o sentimento e não sabe explicar como era antes do balde transbordar, porque o amor quando surge não é como se fosse algo de fora que se encaixou em você. O amor quando surge, se incorpora a você e é como se estivesse ali desde sempre.

Alguém se habilita a responder??

quinta-feira, 5 de abril de 2012

Como, possivelmente, estarei off até domingo (ou segunda), indo para casa, êbaa,  vim desejar, antecipadamente, feliz páscoa para vocês.
Que não só na Páscoa, mas em todos os dias do ano 
possamos refletir e colocar em prática o sentimento de paz.
Muitos chocolates, para quem, diferente desta que vos escreve, não está de dieta. Comam por mim, rsrsrrsrs. Mas sem exageros ok?

Bjs e fiquem em paz !!



quarta-feira, 4 de abril de 2012

  E tem coisa mais gostosa que um braço??
De todos os tipos. 
Bem apertados
Tímidos
Dos momentos de felicidade extrema
Que consolam nos momentos de tristeza
Que são esperados por muito tempo
Que não deveriam acabar nunca 
Que nos permite sentir o cheiro do outro 
Que deixam o cheiro do outro em nós
Os dos momentos em que dois querem se transformar em um.
Ato de demostração de carinho, tão prazeroso, que deveria ser repetido 
todo o tempo.